Como aprender um segundo idioma rapidamente com mapas mentais

Read this post in:

Neste post, você aprenderá como usar a ciência dos mapas mentais para aprender um segundo idioma e memorizar suas regras e vocabulário com eficácia. Primeiro, vamos entender o que são mapas mentais, e por que eles ajudam tão bem a memorizar informações a longo prazo. (Se já for familiarizado com as noções básicas dos mapas mentais, fique à vontade para pular e ir direto para o ponto 3.)

Como aprender um segundo idioma rapidamente com mapas mentais

Procurando razões para usar mapas mentais? Inspire-se com os 7 benefícios de mapas mentais comprovados por pesquisas.

1. O que é um mapa mental?

Um mapa mental é um diagrama que organiza as informações em uma estrutura radiante em torno de um único tópico ou ideia central.

Em vez de frases inteiras, os mapas mentais consistem em palavras-chave, frases curtas e imagens. Eles também usam cores e diferentes opções de formatos para destacar ideias e tornar todo o mapa mais memorável.

The basic structure of a mind map

2. Benefícios de aprender com mapas mentais

Os mapas mentais melhoram a memória e o aprendizado ao ajudar você a fazer a transição da coleta de pontos à ligação de pontos. Ao incorporar informações individuais em um contexto mais amplo e mostrar suas relações com outras partes, os mapas mentais ajudam você a atribuir significado a elas enquanto aprende, bem como conectá-las à sua rede de conhecimento existente.

Esse processo ajuda você a realmente internalizar e memorizar novas informações a longo prazo. Mas isso não é tudo. Há uma gama de propriedades que tornam os mapas mentais superiores às técnicas tradicionais de tomada de notas:

  • Gatilhos mentais: as cores e imagens usadas nos mapas mentais são mais fáceis para nosso cérebro memorizar que um mero texto.
  • Filtragem de informações importantes: os mapas mentais ajudam a separar conceitos-chave de aspectos triviais.
  • Níveis de conhecimento: os mapas mentais fornecem espaço para amplitude e profundidade, panorama geral e detalhes.
  • Análise e síntese: os mapas mentais permitem que você divida as informações em partes e as combine em um novo conjunto.
  • Flexibilidade: os mapas digitais permitem mover e reorganizar as informações livremente.

3. Como memorizar vocabulário de forma eficaz com mapas mentais

Quando você começa a aprender um segundo idioma, um dos maiores desafios é absorver todo o vocabulário. Talvez você não precise saber milhares de palavras para manter uma conversa básica, mas, se quiser se tornar fluente em um idioma estrangeiro, tem de memorizar muitas palavras novas.

Você deve estar familiarizado com este tipo de caderno de vocabulário, que é amplamente usado nas escolas até hoje:

Vocabulary

Nesse tipo de caderno, os alunos simplesmente adicionam novas palavras à medida que as aprendem, anotando sua pronúncia fonética e também sua tradução em uma estrutura com três colunas.

Então, o que há de errado com esse formato?

Existem dois grandes problemas com cadernos como esse. Em primeiro lugar, as páginas são incrivelmente monótonas. Não há cores para enfatizar as coisas, nem ícones ou imagens para ajudar nosso cérebro a se lembrar. Isso torna muito mais difícil para o aluno memorizar o vocabulário.

O segundo problema é que esse formato linear de anotar torna impossível criar coleções temáticas de palavras (como comida, roupas, gentilezas ou cognatos) e complementar essas coleções sempre que você aprende uma nova palavra. Em vez disso, suas páginas são preenchidas com listas de palavras em sua maioria não relacionadas, sem nenhuma maneira de você estabelecer qualquer conexão ou relação entre elas.

Por que os mapas mentais funcionam melhor

Os mapas mentais — principalmente os digitais — permitem uma abordagem muito mais prática para lidar com grandes quantidades de palavras, já que você cria facilmente coleções temáticas e adicionar novas palavras a elas onde quer que se encaixem tematicamente. Sua estrutura radiante reflete perfeitamente as redes que se formam em nosso cérebro para conectar ideias individuais umas às outras.

Um software de mapas mentais digitais como o MindMeister também permite que você armazene informações mais detalhadas sobre palavras na forma de notas e links – sem bagunçar o próprio mapa. Essa é uma ótima maneira de adicionar exemplos de frases, definições, sinônimos, dicas de pronúncia, mnemônicos ou gravações de áudio de uma palavra.

“O MindMeister é perfeito para agrupar vocabulário em tópicos que fazem sentido para alunos individuais. É uma maneira simples de tomar notas de gramática, pronúncia, etc., para alunos que aprendem melhor visualmente.”
— Lindsay Williams, da Lindsay Does Languages

Como criar mapas mentais temáticos para vocabulário

1º passo. Crie um mapa mental para seu vocabulário e adicione tópicos para cada categoria, como “Alimentos”, “Roupas”, “Direções”, “Compras” e assim por diante. Esse mapa funcionará como seu mapa de índice.

How to learn a second language fast: vocabulary mind map

2º passo. Crie um novo submapa para cada categoria e associe o submapa com o respectivo tópico em seu mapa de índice.

Clique com o botão direito no tópico em seu mapa de índice, selecione “Ferramentas” e, em seguida, “Criar como mapa”. Assim, seu novo mapa será automaticamente vinculado ao mapa de índice, e você poderá clicar nos pequenos ícones de seta que aparecem nos tópicos para ir e voltar rapidamente.

3º passo. Crie uma estrutura básica em seus submapas. No seu mapa “Alimentos”, você pode começar adicionando ramificações para os diferentes tipos de alimentos, como “Frutas”, “Legumes”, “Doces” e assim por diante.

German Food Vocabulary: Basic Mind Map Structure

4º passo. Agora é hora de preencher seu mapa com o vocabulário.

  • Comece adicionando as palavras em seu idioma nativo e, em seguida, escreva a tradução em um subtópico ao lado dele.
  • Sempre que possível, adicione uma imagem ou ícone memorável. Isso ajudará você a se lembrar da tradução com mais facilidade.
  • Além disso, você pode enriquecer seu mapa adicionando associações a cada palavra, bem como uma frase de exemplo. Quanto mais contexto você fornecer para as palavras individuais, mais fácil será para seu cérebro se lembrar delas.

Food vocabulary mind map

  • Adicione a pronúncia fonética e quaisquer outras explicações relevantes na forma de uma nota à tradução. Dessa forma, você pode ver as informações à vontade, mas elas não atrapalharão o mapa em si.

Add additional information in the form of notes

Use o recurso WunderBild para adicionar rapidamente imagens do Google Imagens ao seu vocabulário. É uma ótima maneira de saber como as palavras estão sendo usadas em contexto reais, já que as imagens são obtidas de sites reais em seu idioma de destino.

Aqui está uma versão interativa de todo o nosso mapa mental Vocabulário de Alimentos em Alemão – você pode ampliar, abrir e fechar ramificações, e clicar nos ícones de texto dentro dos tópicos para ver as notas anexadas. Como inspiração, veja o Vocabulário Alemão para Comidas no MindMeister.

4. Como memorizar regras gramaticais com mapas mentais

Memorizar as regras gramaticais de uma língua estrangeira pode ser um grande desafio. Para formar frases corretas e coerentes em tempo real (assim como é necessário durante uma conversa ao vivo), você deve internalizar as regras até o ponto em que possa consultá-las sem pensar.

Os mapas mentais são um ótimo formato para reunir todas as regras gramaticais em um local central. A maior vantagem desses mapas gramaticais é a visão geral clara e a estrutura que eles oferecem. Usando mapas mentais gramaticais, você poderá ver rapidamente todas as regras, exceções e exemplos relacionados a um tópico específico.

E, assim como vimos nos mapas mentais vocabulares acima, você será capaz de adicionar links às ramificações do seu mapa, conectando-os a outros mapas mentais relacionados que você criou. Dessa forma, você pode criar uma grande rede de mapas mentais, como a seguir:

Grammar mind map

No Meidmester você encontra diversos outros exemplos de mapas mentais que ajudarão a desenvolver seu segundo idioma. Nossos exemplos preferidos são o mapa mental com uma visão geral do tempo presente e do presente perfeito em inglês e o mapa sobre os diferentes tipos de substantivos na língua inglesa.

Dicas para estudar com mapas gramaticais

1. Abra e feche ramificações

Estudos descobriram que o teste prático é uma das técnicas de estudo mais eficazes. Uma boa maneira de se testar é ocultar regras gramaticais individuais em seu mapa e ver se você já consegue recontá-las de cor.

Para fazer isso, basta selecionar um tópico em seu mapa e pressionar a tecla ESPAÇO. Isso ocultará todos os subtópicos desse tópico. Para visualizar os subtópicos e ver se você se lembrou deles corretamente, basta pressionar ESPAÇO novamente.

2. Imprima seus mapas

Se você estiver usando um software de mapas mentais, uma boa ideia é imprimir seus mapas adicionalmente e pendurá-los na parede ou em lugares onde você passe muito tempo. A porta do banheiro é um bom lugar, assim como a parede ao lado da cama. Cada vez que ver o mapa, mesmo que por acaso, a imagem ficará gravada na sua memória um pouco mais profundamente.

3. Crie flashcards

Você pode facilmente transformar seus mapas mentais em flashcards e imprimi-los em um formato que possa segurar confortavelmente em suas mãos. Para isso, abra o modo de apresentação do MindMeister e crie slides mantendo pressionada a tecla CMD (ou CTRL, se usar Windows); em seguida, clique e arraste o cursor sobre tópicos individuais no mapa.

Clique em ‘Exportar’ e selecione ‘Arquivo de imagens’. Isso criará uma pasta compactada com todos os slides em formato PNG, que você pode imprimir facilmente.

How to create flashcards in MindMeister

É assim que os mapas mentais podem ajudá-lo a aprender um segundo idioma de forma rápida e eficaz. Se você ainda não fez isso, crie agora mesmo sua conta gratuita no MindMeister e comece a fazer seus mapas!